19 Dicas Infalíveis Para Fazer Uma Negociação

01.08.2017

Neste artigo gostaria de lhe apresentar 19 dicas sobre a arte do bem negociar. Como você sabe, vivemos em sociedade e que cada pessoa tem o seu jeito de pensar e agir, e com estas dicas você terá mais possibilidades de fazer melhores negociações.

E como já disse o filósofo John Donne: “Nenhum homem é uma ilha isolada”, todos nós precisamos nos relacionar uns com os outros para suprirmos as nossas necessidades de segurança, alimentação, vestuário e etc.

Daí nasce a necessidade de negociar, que nada mais é do que um diálogo entre duas pessoas com necessidades e objetivos diferentes e que estão em busca de um acordo que satisfaça o que cada um espera alcançar ou que chegue o mais perto do desejado por ambos.

Aqui entra o que eu gostaria que você soubesse para que possa ter bons resultados em suas negociações, seja no dia a dia em casa, em reduzir os juros de seu cartão de credito ou das tarifas de seus investimentos.

Para isso vou lhe apresentar duas fases e dentro delas, você encontrará 19 dicas que lhe ajudarão a fazer uma boa negociação, veja quais são:

A primeira fase é a Preparação e as dicas são:

1- Tenha Credibilidade;

2- Saiba o seu Ponto de Equilíbrio;

3- Saiba qual é a situação da negociação;

4- Saiba o quanto e o que isso lhe custará;

5- Saiba ser paciente e manter a calma;

6- Saiba o seu valor;

7- Elabore a sua proposta;

8- Saiba quando dizer “Não”.

A segunda fase é a Negociação e as dicas são:

9- Não se deixe intimidar pelo ambiente;

10- Não leve para o lado pessoal;

11- Não se desvalorize;

12- Faça perguntas;

13- Garanta o que lhe é valioso;

14- Busque a melhor proposta;

15-Tenha bons argumentos para negociar;

16- Mostre que o outro irá lucrar;

17- Cuidado com os brindes;

18- Cuidado com o empurrãozinho;

19- Tenha tudo documentado.

A Preparação para a Negociação

Se esta fase for bem feita, ela lhe garantirá bons acordos em suas negociações, pois ao término dela, você terá uma ideia do que irá encontrar e principalmente de qual será o seu modo de agir na negociação.

Tenha Credibilidade

 

 

Você sabia que todos nós temos uma pontuação que diz aos bancos, comerciantes e etc, o quanto você é confiável em pagar as suas contas?

Isso mesmo, a sua credibilidade é baseada no uso do seu do limite da conta corrente, através dos atrasos no pagamento de contas, se o nome está no Serasa ou outro sistema de mau pagador.

Então, quando digo que você tem que ter credibilidade, estou querendo dizer para evitar:

– Ter o nome inscrito em qualquer sistema de inadimplência;

– Estar sempre no vermelho com sua conta corrente.

– Estar sempre pagando o mínimo do seu cartão de crédito e etc.

Estes hábitos, além de serem muito prejudiciais para a sua saúde financeira, farão com que sua pontuação seja reduzida a cada deslize.

Tomando estes cuidados a sua credibilidade (pontuação de crédito), se manterá boa ou irá aumentar, fazendo com que seja mais fácil negociar com banco, loja e etc.

Saiba o seu Ponto de Equilíbrio

Ponto de Equilíbrio é um termo usado pelas empresas para definir qual é o ponto em que há uma igualdade entre o que se gasta para manter-se aberto e o que se lucra com as vendas, desta forma ninguém nem ganha e nem perde dinheiro.

No seu caso, é saber o ponto de equilíbrio do seu orçamento. Ou seja, como o total do que você ganha fica igual ao total do que você gasta.

Saber o ponto de equilíbrio de seu orçamento lhe fará ficar alerta nas negociações, para não se comprometer além da conta.

Evite a todo custo chegar perto ou estar no ponto de equilíbrio, porque é como estar no fio da navalha, a qualquer movimento errado o corte pode ser mortal.

Saiba qual é a situação

Você recebe uma ligação ou carta, onde diz que você tem “x” dias para pagar determinada quantia que você nem sabia que devia, ou será cobrado judicialmente e correndo o risco de ter seus bens penhorados e etc.

Mantenha a calma e busque saber qual é a sua situação.

– Você realmente está devendo? Caso contrário tem comprovantes de pagamento?

– Saiba exatamente para quem está devendo e onde pode saber mais informações.

– Está ajuizado no cartório de protesto e outras formas de cobranças? Tem que pagar taxa para eles? Quanto?

O principal: quanto está devendo? Há possibilidade de negociação? Se houver, quais são? Parcelamento ou à vista? No caso de haver parcelamento, em quantas vezes? No caso de pagamento à vista, tem desconto? Quanto tempo tem para entrar em um acordo?

Saiba quanto e o que isso lhe custará

Saiba que independente de como for feita a negociação, você terá que gastar com ela, seja com tempo ou dinheiro.

Veja se tem risco de perda muito significativa para você, como saúde, imóvel e etc.

Saiba ser paciente e manter a calma

Esta dica é muito importante pois você terá que colocar os seus pontos de vista e terá que ouvir o do outro, o que poderá levar muito tempo.  Se você não tiver calma, tem a possibilidade de se perder na negociação e fazer um péssimo acordo.

Quanto mais você tiver a perder na negociação, mais você terá que ter calma e paciência para não se perder na negociação e perder o que lhe é importante.

Saiba o seu valor

Ache dentro de você o seu valor pessoal e principalmente quanto o seu serviço e dinheiro vale. Será isto que você negociará com o outro.

Independe do que você ache, você vale muito para o outro, pois você tem algo que ele precisa, caso contrário, ele nem cogitaria negociar com você e simplesmente lhe iria impor o que ele quer.

Elabore a sua proposta

Com os dados, já levantados anteriormente, em mãos, sente-se e elabore várias propostas, que poderá usar na negociação.

Caso não tenha muito tempo, elabore pelo menos duas, uma que será a sua ideal e outra que terá o valor máximo que você poderá se comprometer na negociação.

Saiba quando dizer “Não”

Tenha em mente sempre a sua proposta ideal e lute para consegui-la. Qualquer proposta que esteja acima da sua máxima, diga não.

Caso contrário, você perderá mais do que o outro, porque, assim, ou não irá cumprir o acordo ou sacrificará a si e sua família para cumprir o mesmo.

Durante a Negociação

Chegou a hora de enfrentar a situação, para a qual você se preparou.

Tome cuidado com as armadilhas e não esqueça de sua melhor proposta e vá pegar o touro a unha.

Não se deixe intimidar pelo ambiente

A menos que seja seu próprio ambiente, todos os ambientes onde você irá negociar serão preparados para lhe intimidar, despertar desejos ocultos e etc.

Por isso, tenha sempre em mente as suas propostas e não se deixe intimidar ou distrair pelo ambiente.

Não leve para o lado pessoal

Se a pessoa que está negociando com você falar ou agir de modo que não lhe agrade, não leve para o lado pessoal, ela não esta fazendo de propósito.

Fique sabendo que, na maioria das vezes, você é apenas mais um cliente que ela precisa atender e ela está apenas descontando a sua frustração em você.

Caso você não esteja gostando do atendimento, e tiver essa opção, mude de atendente.

Não se desvalorize

Ou seja, não baixe o seu valor.

Tenha sempre em mente a sua proposta e o seu valor pessoal, seja sempre educado, prestativo e paciente.

Lembre-se que a pessoa que está negociando com você precisa tanto de você quanto você dela.

Conduza a negociação, buscando um bom resultado, sem desvalorizar o trabalho do outro e sem deixar que ele desvalorize o seu.

Faça Perguntas

Procure saber mais sobre a proposta que lhe está sendo apresentada, faça perguntas para tirar dúvidas, demonstre interesse.

Isto demostrará que você se importa com o que lhe está sendo proposto e fará com que a pessoa que está lhe apresentando fique mais amigável com você e aberta a ouvir as suas.

E você saberá com detalhes qual é a proposta que ela tem para te oferecer e terá bom argumento para apresentar as suas.

Garanta o que lhe é valioso

Tendo em mente o que lhe é importante na negociação, com paciência e calma busque garantir o que é mais importante para você, mas não deixe o outro perceber.

E depois só conduza a negociação para conseguir o restante.

Busque a melhor proposta

Nunca aceite a primeira proposta, pois não é a melhor.

Negocie, argumente e busque melhorar ainda mais a proposta apresentada, sempre buscando a proposta que você quer.

Tenha bons argumentos para negociar

Demostre que você pode conseguir melhores condições de pagamento, melhores preços ou taxas de juros no concorrente, através de folhetos, proposta de negociação e etc.

Mostre que o outro irá lucrar

Por mais estranho que isso possa parecer, dar uma entrada em dinheiro ou fazer um pagamento maior no inicio da negociação deixará o outro com sensação de que irá lucrar com a negociação, apesar do valor não mudar.

Cuidado com os brindes

Geralmente, os brindes são usados para lhe levar a fechar o negócio sem perguntar ou negociar.

Ele te faz pensar que está levando vantagem na negociação, mas na verdade ele está tornando mais fácil de você aceitar as condições do outro.

Cuidado com o empurrãozinho

O empurrãozinho são frases ou palavras que o leva a desistir de negociar e fechar o acordo, são mais ou menos assim:

“É a última peça do estoque”, “Tem outros interessados”, “É meu último dia aqui” e etc.

Tenha tudo documentado

Nunca saia de uma negociação sem que tudo o que foi acordado esteja por escrito e assinado, especialmente se ainda não foi fechada.

Opiniões, pensamentos e principalmente pessoas mudam, e você pode perder uma boa negociação por este motivo.

E dica: Dê bônus

Você deve estar se perguntando, mas são 19 dicas e o Amarildo deu 20, porquê será?

Aí é que está minha surpresa, esta dica já é um bônus, um bônus surpresa, os bônus são importantes porque você consegue muitas vezes negociar, captar clientes, com um “agrado”.

 

É o seu dever buscar os melhores resultados em suas negociações, mas não esqueça de que a melhor negociação é aquela que os dois lados ganham.

Espero que este artigo lhe ajude a conseguir melhores negociações.

Não se esqueça de deixar o seu comentário abaixo, dê a sua opinião, fale do que gostou e do que não gostou.

Até mais. 

 

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crie seu fututo – 914×172