A Busca Pela Felicidade: Celebre Suas Conquistas

21.07.2017

Por diferentes caminhos, estamos todos buscando a felicidade. Seja assistindo um show de rock, tendo um jantar romântico com alguém especial, celebrando as conquistas dos filhos, passando momentos agradáveis com a família ou amigos, viajando para um destino desejado há muito tempo…

E por incrível que pareça, essa busca pela felicidade pode representar uma fonte de aflição, ansiedade e frustração. Quando, erroneamente, se acredita que a ela somente será alcançada no destino almejado: quando conseguir a aprovação no concurso, quando se casar, quando o bebê nascer, quando as férias começarem, quando se aposentar… Não! Está errado! A felicidade só pode ser sentida no momento presente; ela não pode ser uma expectativa condicional de prazer futuro. É durante a jornada, enquanto nos movemos em direção ao nosso objetivo que a vida nos apresentará situações que nos permitirão senti-la.

Sentir-se feliz requer presença, estar presente por inteiro; mantendo coração, mente e sentidos, com a atenção voltada ao momento presente. É perceber o sorriso do seu filho enquanto você se apronta para o trabalho ou durante o café da manhã, é notar a forma amorosa como sua esposa trata seus filhos, é sentir a serenidade e a alegria nos olhos dos seus pais, é reencontrar alguém que você não vê há séculos e sentir que o tempo não comprometeu a cumplicidade entre vocês… Até mesmo, o simples ato de respirar consciente e profundamente, sem pressa, pode trazer a grata e ignorada, sensação de estar vivo e isso lhe trará bem-estar.

A felicidade é feita de coisas simples. Mas ela também pode ser obtida nas grandes conquistas, embora nestes casos, ela se torne mais perecível. Você poderá sentir-se feliz ao comprar uma Ferrari ou uma casa de 500 metros quadrados. Mas depois de um mês, um ano, você já não sentirá o mesmo nível de felicidade: haverá sempre um modelo de carro mais novo que o seu, imóveis vão necessitar de manutenções ou reformas…

Enfim, o tempo tratará de reduzir aquela magia inicial da sua conquista; e é natural que isso aconteça porque não se trata de um ser vivo com quem você interage, trocando sensações e experiências renováveis. Além da energia e raridade que um ser vivo lhe apresenta: o sorriso dos seus pais e do seu filho são únicos, assim como as flores no seu jardim ou em um parque que você frequenta. São nos momentos simples do nosso cotidiano que a felicidade está à espreita, aguardando a nossa atenção.

Permita-se ser feliz, agora!

A vida implica em movimento. A pessoa que somos, hoje, agora, tem um nível de consciência, habilidades e talentos, necessidades genuínas a serem supridas… Daqui seis meses ou um ano, teremos nos tornado uma pessoa diferente daquela que somos neste momento e por consequência, nosso nível de consciência, habilidades e talentos, necessidades genuínas e etc, serão outros. Então, essa dinâmica da vida, por esta perspectiva temporal, não nos dá garantia alguma de felicidade futura.

A pessoa que hoje, acredita que será feliz apenas quando conseguir a aprovação no concurso ou quando perder 20 quilos de peso, por exemplo, corre o risco de se frustrar no futuro, mesmo após ter conseguido realizar seu objetivo original. No futuro, esse nível de conquista já não a fará sentir-se tão bem consigo mesma como faria hoje, agora. E ela poderá se tornar uma eterna insatisfeita, querendo sempre mais e mais, tentando atender a sua necessidade de felicidade e prazer.

Celebre cada conquista

Então, minha sugestão é: celebre cada pequena conquista obtida no seu caminho, no seu processo e esteja atento às pequenas sutilezas que o agora lhe apresenta: seu filho só terá 1 ano, 6 ou 18 anos, uma única vez na vida. Aprecie esses momentos únicos que a vida lhe reserva, porque é mantendo a atenção dos seus sentidos voltada ao presente, captando esses instantes mágicos, que a vida vai sorrir para você, despertando-lhe gratidão e felicidade.

Expectativas e possibilidades de realização futura são como sementes de ervas daninhas. Se forem alimentadas, só trarão aflição, ansiedade e até, frustração. Aprecie o simples fato de estar vivo, curta o momento presente com todos os seus sentidos e agradeça. Isto vai lembrar-lhe de que a felicidade está ao seu alcance enquanto você protagoniza as histórias que terá orgulho de contar.

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crie seu fututo – 914×172