Coaches pessimistas existem?

26.03.2018

De acordo com o ilustre filósofo e escritor Mário Sergio Cortella, o qual admiro muito, o pessimista é um “vagabundo” porque não toma ação nenhuma já prevendo que tudo vai dar errado e ainda atribui tudo o que acontece de errado a ele às forças externas.

Quando você decidiu ser coach, provavelmente você foi muito otimista, porque no início dessa profissão aqui no Brasil quase ninguém tinha ouvido falar nisso, que dirá investir no processo de coaching. E agora, bem mais difundido, muitos já ouviram falar sobre coaching, mas acabam conhecendo da forma errada, até porque com o atual boom da profissão todo mundo se diz coach, mesmo sem saber o que significa.

Já vi consultor, vendedor, professor, nutricionista e outros mais se intitulando como coach, mas quando perguntei sobre o trabalho, não tinha nada a ver com a proposta de coaching. Alguns coaches se incomodam bastante com essa falta de ética, mas isso é algo comum, que aparece em várias outras profissões. E a seleção natural vai se encarregar de filtrar os profissionais responsáveis e que desenvolvem um bom trabalho para permanecer no mercado.

O que lamento muito é o fato de alguns psicólogos, por se sentirem ameaçados, criticarem o coaching sem nem mesmo conhecerem a potência que o coaching poderia levar aos seus atendimentos. Quem ocupa o papel de coach jamais vai tirar o lugar do psicólogo porque ambos se complementam. Eu mesma já fiz várias sessões de coaching com clientes que faziam terapia e o resultado foi incrível. Aliás, para o cliente, será melhor ainda se mais saberes forem agregados em busca de um melhor resultado, certo?

Pois bem, trabalhar como coach é ser empreendedor e requer uma visão de futuro muito positiva, porque além das dificuldades do negócio você vai ser desencorajado por muitas pessoas, afinal, a mentalidade brasileira ainda é para ser empregado e não empregador. Acho até bastante curioso quando vejo muitas pessoas pretendendo atuar como coach mesmo sem conhecer a complexidade desse Universo.

A disseminação do coaching

E por que acho tão importante falar sobre isso neste exato momento? Porque a novela da emissora Globo causou muita polêmica quando apresentou uma personagem advogada e coach, que buscou tratar a sua cliente que sofreu de abuso sexual na infância com coaching.

Ok, não está certa a apresentação da metodologia dessa forma, uma vez que quem cuida disso são os psicólogos, mas convenhamos, se até bem pouco tempo ninguém nem sabia o que era coaching, hoje temos a chance de divulgação na novela da Globo e em horário nobre! A maioria dos clientes nem sabem ou nem percebem que o coaching na novela está sendo tratado de forma incoerente. Ao invés de se lamentar, agradeça por esse espaço na mídia e aproveite a oportunidade de explicar aos clientes toda a transformação que podemos gerar como coaches.

Então, coaches, sejamos otimistas!

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Comentários:

  1. Muito bom esse texto. Achei bem legal a abordagem da nova, trouxe o coaching mais próximo da população em geral.
    Como o texto acima explicou muito bem, será uma boa oportunidade dos coachs de explicar aos seus clientes toda a transformação que esse procesdo pode trazer na vida das pessoas.

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crie seu fututo – 914×172