Como se Livrar da Fome Emocional

24.01.2017

Fome emocional é o nome dado ao ato de ingerir alimentos, especialmente os calóricos, não apenas com a finalidade de saciar a fome, mas também para aliviar as pressões do dia-a-dia, se livrar de sentimentos ruins ou até mesmo para se recompensar.

Normalmente associada à compulsão alimentar, ela pode causar sérios problemas de saúde para quem devora alimentos sem nem mesmo se dar conta. Por esse motivo, para te ajudar a se livrar desses alimentos extras, mostraremos como controlar e eliminar essa dependência alimentar.

Conheça seus gatilhos

Gatilhos emocionais são situações que te colocam sobre forte estresse e que te remetem a eventos traumáticos. São uma espécie de acionamento cerebral que te leva a consequências maléficas para você e seu organismo, como é o caso da fome emocional.

Conhecer o que desperta esses sentimentos de impotência, tristeza ou estresse é o primeiro passo para se livrar desse problema e controlar melhor sua ingestão alimentar. Para isso, é preciso observar como a vontade incontrolável de comer tem início e identificar o porquê aquilo acontece.

Crie uma rotina alimentar para fugir da fome emocional

A rotina alimentar é uma espécie de planejamento diário de refeições. Ao definir a hora em que jantar, almoço e jantar serão realizados, assim como os alimentos que serão consumidos, você aprende a ter foco e escolhe com antecedência o que é saudável para você, evitando assim os alimentos mais calóricos.

Se mantenha ativo

Eliminar os períodos de ociosidade te ajudará a diminuir drasticamente a vontade de comer. Além disso, quanto mais ativo você estiver, mais seu metabolismo funcionará e mais energia você gastará. Isso também te ajudará a evitar pensamentos negativos e a reagir menos impulsivamente aos seus gatilhos emocionais.

Evite alimentos de alto valor calórico

Como dissemos anteriormente, a fome emocional está intimamente ligada ao consumo de alimentos gordurosos, por isso, deixar esses itens “fora de vista” é uma das maneiras para acabar de vez com a fome emocional.

Se puder, opte por adquirir apenas produtos naturais como frutas, legumes e verduras e deixe refeições prontas para serem consumidas rapidamente, como arroz refogado, saladas lavadas e legumes e frutas cortados.

Procure ajuda profissional

Para a maior parte das pessoas só é possível eliminar de vez a fome emocional com a ajuda de uma orientação profissional. Dessa maneira, você entenderá melhor o que sente, os motivos que te fazem recorrer tanto a comida e como controlar a vontade compulsiva de comer diante de problemas e angústias.

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Comentários:

  1. Me ajudou muito, eu tenho fome emocional todos os dias, e compreendo que quando como alguma coisa, muitas vezes mão estou com fome mesmo, é apenas uma forma que encontrei para aliviar o stress, e claro, com isso vou ganhando alguns quilos a mais…. horrível!

    Mas vou colocar essas dicas em prática e volto para compartilhar meus novos resultados! Para ter novos resultados é preciso ter novas atitudes!

    Vamos pra cima!
    ♥♥♥

    “Eu também quero colaborar”

  2. Artigo essencial para todos, perceber o tipo de fome que esta atuando e saber dribla la é um dos pre requisitos para o bem estar geral do organismo pois saímos do automático para o autocontrole, desejo secreto dos obesos.
    Tambem quero colaborar!

  3. Faz todo sentido, muitas vezes comemos como um ato de fuga dos problemas, simplesmente pela vontade de comer. Aliviamos nossos descontentamentos na comida e em alguns casos, comida pobre de nutrientes e rica em açúcar, massas e etc. Daí temos uma recompensa imediata que é o prazer mas que futuramente se tornará numa recompensa tardia desagradável (aumento de peso ou até problemas de saúde).

    Também quero colaborar.

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *