Desligue o Piloto Automático: Seja Menos Reativo

21.07.2017
Crie seu futuro – 728 x 90

“Tudo pode ser tirado de uma pessoa, exceto uma coisa: a liberdade de escolher sua atitude em qualquer circunstância da vida”. Essa frase é de Viktor Frankl, psiquiatra judeu que passou cerca de 2 anos em campos de concentração durante a Segunda Guerra Mundial, criador da Logoterapia, psicoterapia baseada na busca de sentido na existência (esse é um assunto fascinante e vou deixar para uma outra oportunidade).

Viktor quis dizer, com esta frase, que somos capazes de decidir como agir frente a uma determinada circunstância, não precisamos ser vítimas dela. Quem é reativo pode se deixar afetar até mesmo por situações insignificantes, perde o equilíbrio, e sofre por isso. Essas pessoas tomam atitudes baseadas em emoções como raiva e ciúmes. Um pneu furado, uma chuva, por exemplo, são situações sobre as quais você não tem qualquer controle, acontecem. Mas como você vai agir diante delas, se lamentar, reclamar, se estressar, gritar? Isso não vai ajudar em nada.

Resistência gera sofrimento. Somos ensinados a ser fortes, a resistir e aguentar tudo. Isso é, inclusive, valorizado pela sociedade. Resistência é ser reativo sobre algo (o que gera sofrimento e nada resolve).

Como já dizia Carl Jung: “Ao que você resiste, persiste.” Isso significa que, quanto mais relutante você for a uma situação, mais ela vai perdurar. Quanto mais ela perdurar, mais você vai se incomodar e sofrer com aquilo. Então, aqui entra aquela máxima: “aceita que dói menos”. Aceita que existe um problema a ser resolvido. Depois, analise esse problema e pensa nas alternativas para resolvê-lo, ou nas consequências de não resolvê-lo (inclusive se você vai poder viver com isso).

Então, você vai descobrir que perder o controle pode ser libertador. Teimamos em criar expectativas com relação aos outros e aos acontecimentos. Isso é controle. Pode acontecer de a gente desejar muito uma coisa e fazer muito para conseguir, mas às vezes pode não ser o momento, ou simplesmente aquilo não serve pra nós. Existe uma Sabedoria superior que tudo comanda, então a nós resta aceitar e agradecer. Às vezes, ficamos magoados com familiares e amigos, ou até desconhecidos, que nos prejudicam, nos destratam. Muitas vezes, esperamos que as pessoas ajam da forma que nós agiríamos em determinadas situações e sofremos por isso. Cada um dá o que tem a oferecer, então, resta a nós perder esse controle, e deixar de sofrer com os que os outros fazem, ou as circunstâncias nos causam.

Então o que fazer diante de uma situação ruim? Uma boa dica é parar, respirar, esperar a primeira emoção passar. E se perguntar: o que posso fazer para vencer esse desafio?

É um exercício constante, diário. Esteja atento, perceba quando você costuma ser reativo, em quais situações. Veja o que você sente, quais suas emoções, quais as sensações físicas. Tome consciência e trabalhe isso em você. A partir do momento em que você vai quebrando ciclos de reatividade, vai se tornando mais natural agir de forma mais equilibrada.

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *