Eleve sua Autoestima como Coach

17.04.2017

 

Você, coach, já se sentiu uma fraude? Falta autoestima? Já se perguntou: “Ai meu Deus, será que a carreira de coach é pra mim?”. “Será que eu vou realmente poder cumprir minha missão de vida?”. 

Sabe aquele dia que dá a impressão de que o melhor é deixar a carreira de coaching de lado? Se você nunca se questionou desta forma, então pode parar de ler por aqui. Compartilhe com um coach que esteja ou já se sentiu mal.

Neste artigo, vou dar uma dica poderosa do que fazer naqueles momentos em que passa pela cabeça desistir. Horas em que surgem dúvidas se “coach” é a profissão certa.

Essa dica é para você tomar uma super injeção de autoestima e se sentir mais fortalecido para cumprir a sua missão de ajudar o maior número de pessoas. É para você viver bem de coaching, com excelência e profissionalismo.

E isso vale para quem já se colocou em movimento, seja atendendo clientes pagantes ou até mesmo clientes pró-bono. Se você ainda não deu esse passo inicial, a dica é simples: se movimente. Espalhe sua luz e comece a ajudar quem está por perto de você. 

Então, se você já atendeu uma ou mais pessoas, mesmo que ainda não tenha terminado o atendimento, essa dica é para você.

Crie uma caixinha de Autoestima

Pra que isso?

Muitos coaches se sentem inseguros e ficam meio pra baixo. Você sabe qual é a origem disso? Na verdade, eles não têm certeza (ou não lembram dela) de que realmente fazem um trabalho bom. Eles esquecem este fato, pois não possuem em mãos uma prova ocular, factual, de que o seu trabalho como coach está ajudando as pessoas, de que seus coachees obtiveram resultado.

Não tem nada que levante mais a moral de um coach do que a mudança de nível e gratidão de um cliente, por ele por ter contribuído com a sua transformação.

Isso faz sentido pra você?

Sabe aquele seu cliente que manda mensagem no whatsapp? Aquele que mandou inbox no facebook ou até mesmo um áudio, feliz porque fez uma tarefa ou, até mesmo, porque ele conquistou algo? Muitas vezes, a pessoa compartilha contigo a gratidão por você ter lhe dado uma sacada, porque você deu o seu melhor numa conversa ou, até mesmo, por um atendimento de coaching.

Eu não sei o que a pessoa falou ou escreveu para você. Mas você sabe.

E eu vou te explicar o que vai fazer com essas mensagens. Vai fazer a sua caixinha de autoestima. Abra um arquivo, uma pastinha no seu computador ou celular, e lá, colecione os seus depoimentos, os testemunhos de gratidão.

Muitas vezes essas coisas vão acontecendo e a gente fica feliz na hora, mas depois passa batido. É nos momentos nos quais você acha que você não vai dar conta, que está pensando em desistir, que isso vai servir para te ajudar. A partir dessa caixinha, você verá a importância que tem na vida das pessoas e notará que deve continuar, pois tem o dever de levar sua mensagem para mais e mais seres.

Essa dica é super importante pra você começar a fazer a partir de agora. A pessoa compartilhou gratidão, imediatamente coloque na sua caixinha de autoestima. E não importa se ela está no seu computador, tablet, celular ou até mesmo uma pasta física, ok?

Agora talvez você esteja se perguntando: “Channa, mas eu ainda não comecei. Estou só atendendo pró-bono, eu ainda não tenho cliente pagante, e agora?”

Eu sempre falo que o último momento da sua sessão de coaching é o momento pra validação. Quando você terminar o processo, terminar a sessão, peça para o coachee enviar uma mensagem. Peça para ele formalizar suas opiniões a respeito do seu trabalho. A pessoa vai estar tão feliz de você ter a ajudado que vai fazer isso com a maior alegria e contentamento.

E aí coach, te ajudou? Vai colocar em prática? Eu quero ver coaches poderosos porque coaches de excelência tem autoestima elevada.

Agora é a minha vez de criar a minha caixinha de autoestima. Eu gostaria muito que você colocasse aqui nos comentários, se você já tem uma caixinha de autoestima. Se você ainda não possui uma, se vai colocar em prática, e se você já tem, como é que ela te ajuda a te empoderar pra você alcançar o seu estado de excelência?

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Comentários:

  1. Gostei muito dessa dica! Como não tenho muitos coachees, será que posso usar também cartinhas e mensagem de amigas e parentes?

    1. Olá, Tânia, gratidão pelo comentário.
      Em primeiro lugar, sim. Você pode ter uma caixinha da autoestima de pessoas queridas porque isso faz um cafuné no coração.
      Em seguida, uma dica-extra: se você já fez a formação, busque um meio de colocar em prática toda essa luz e conhecimento que há em você. Lembre-se: a prática é a mãe da excelência. Se ainda não se sente segura para atender, a dica é: busque um método validado para atender com segurança e profissionalismo. Um grande beijo e sucesso

  2. Lelena.
    Boa noite Channa.
    Um pequeno desvio de percurso do computador, você pode ter recebido uma frase sem terminar………..
    Mas o que gostaria de relatar sobre a dica da caixinha da autoestima é: Recebi hoje uma mensagem de agradecimentos de um diretor
    de uma grande Empresa, pelos elogios sinceros que fiz a uma funcionária da casa. Me senti valorizada e gratificada por este gesto de gratidão.
    Autoestima se eleva quando recebemos um retorno positivo. Embora a atuação não fosse de Coach, mas valeu a pena. Posso estrear
    minha Caixinha de Autoestima com este momento importante.

    1. Que sensacional, Lelena. Parabéns. Muito orgulho de fazer parte da sua jornada de Excelência em Coaching. TMJT

  3. Woohoo! Eu tenho minha caixinha de Autoestima, cheguei pensar que era bobagem minha e agora vejo que não.
    Obrigado Channa.

    1. Sensacional, Luciano. Lembre-se de mim quando usar. Grande abraço.

  4. Gostei da sacada Channa!!! Parabéns!!!

    1. Fico feliz em contribuir. Um grande abraço.

  5. Sara

    Uau Channa, dica excelente!
    Gratidão por compartilhar.
    Vou aplicar!
    Bjs

    1. Olá, Sara. Use sem moderação. Grande abraço.

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *