Estruture o Seu Planejamento Financeiro

03.03.2017

Qual empreendedor não preza pela saúde financeira de sua empresa? Fazer um planejamento financeiro é passo importante para garantir o fôlego do seu negócio e resultados cada vez melhores. Por meio dessa ferramenta, você estrutura melhor seus gastos e lucros, projeta cenários, desenvolve planos de ação, enfim, impulsiona o crescimento da sua organização. Parece complicado fazer esse controle todo? Acredite, não é! Basta disciplina e atenção!

O objetivo do planejamento financeiro é projetar despesas e receitas para indicar como está a situação econômica dos negócios. Dessa forma, você tem a chance de visualizar um panorama completo de quanto pretende gastar, lucrar, investir e faturar para planejar melhor como usará seus recursos.

Estruturar o planejamento financeiro é essencial, pois é a partir dos dados obtidos que serão definidas todas as suas ações. Sem ele, fica inviável tomar decisões estratégicas assertivas, independentemente do tamanho de seu negócio. Por traz de empresas que faliram ainda nos seus primeiros anos de existência, certamente tinha uma administração que desconsiderava esse tipo de planejamento.

Se você quer montar uma empresa próspera e sustentável, siga esses passos para estruturar seu planeamento financeiro.

Avalie a situação de sua empresa

Comece avaliando bem a situação de sua empresa, tanto no âmbito interno, quanto externo. Considere seus pontos fracos e fortes perante o mercado, tipo de produto ou serviço que oferece, público-alvo, precificação, relação com fornecedores, entre outros fatores que impactam diretamente em suas finanças. Faça também um balanço patrimonial para demonstrar sua posição financeira e econômica de acordo com os seus ativos e passivos.

Anote os dados

Após identificar o cenário atual de sua empresa, você já pode começar a preencher a planilha de planejamento financeiro. Anote o faturamento que pretende ter durante um tempo – o ideal é fazer projeções anuais, mês a mês.

Em seguida, planeje seus gastos ao longo desse período. Além dos gastos fixos (como aluguel, salários, fornecedores, energia, entre outros), inclua também os que aparecem eventualmente (por exemplo, com manutenção ou novos investimentos). Dessa forma, você pode avaliar o que é necessário e o que pode ser adiado ou cortado, se necessário.

Reserve um espaço para Demonstrativos Financeiros, que contemple Demonstrativos de Resultados e Balanço Patrimonial para obter a situação financeira anual de sua empresa. Isso permite avaliar se suas estratégias estão sendo assertivas ou se deve alterá-las.

Antecipe diferentes cenários

Ser empreendedor no mercado dinâmico atual é estar preparado para enfrentar situações inesperadas. Quando fizer seu planejamento financeiro, considere três projeções: otimista, realista e pessimista. Dessa forma, você cria estratégias para lidar com diferentes cenários e manter o crescimento do seu negócio constante.

Transforme seu planejamento financeiro em insights

Finalizado seu planejamento financeiro, é momento de agir. Use os dados obtidos para definir objetivos e metas, mensurar resultados, enfim, na elaboração de estratégias que contribuam para o crescimento do seu negócio.

Se você tiver dificuldades em estruturar seu planejamento financeiro, vale procurar um contador de confiança para colocar as finanças em ordem e evitar problemas futuros.

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *