Falhas na Comunicação: Estão Entendendo Sua Mensagem?

17.04.2017
Crie seu futuro – 728 x 90

A palavra “comunicação” é derivada do latim “communicare”, que significa tornar comum, partilhar e repartir. Sendo assim, podemos dizer que comunicação é o ato de tornar comum ideias, pensamentos, ordens, pontos de vista.

Apesar da comunicação ser um assunto muito debatido, ainda ocorrem falhas nesse processo, que são os chamados ruídos da comunicação.

O processo da comunicação compreende 5 elementos básicos: o emissor, o receptor, a mensagem, o código e o canal. Para uma perfeita comunicação, todos os elementos devem estar sintonizados. Ou seja, o emissor deve estar atento ao receptor, à mensagem que está sendo transmitida, e à linguagem e forma ou o meio de transmissão para que a comunicação se efetive. A comunicação se efetivará ou se complementará quando a pessoa (receptor) a entende, isto é, quando percebe nela um significado igual ao que tem a pessoa (emissor) que transmite.

O maior desafio atual da comunicação é passar emoção através das palavras. Cada vez mais, as pessoas se comunicam de forma escrita, e nem sempre são compreendidas. Sabe por que? O emissor está mais preocupado em escrever rápido e enviar logo a mensagem do que avaliar se o que escreveu transmite a mensagem que ele quer.

Cada ser humano possui, eu chamo de um “dicionário interno de palavras e emoções”. Assim, se você falar algo em que, no meu dicionário interno, me traga boas lembranças, eu vou entender sua mensagem como leve e boa. Agora, se a sua mensagem me leva a algum acontecimento ruim ou, no momento que eu estiver lendo sua mensagem, ter acabado de acontecer uma discussão, tudo muda. A mensagem será lida em tom agressivo e, a partir disso, muitas vezes inicia-se um “mal entendido”.

São inúmeros os problemas gerados pela comunicação. Uns, são devidos à falta de comunicação, e outros a falhas de comunicação. Os problemas mais comuns são:

1. Serviços que não são feitos porque não se sabia que era para fazer, como fazer ou quando fazer.

2. Serviços que são feitos de maneira diferente do que deviam.

3. Serviços desnecessários, que são feitos com perda de tempo, de material, etc.

4. Atritos ou desentendimentos entre o superior e o subordinado ou entre  companheiros de trabalho.

5. Acidentes.

6. Baixa produtividade.

7. Brigas em família, ou até entre amigos e conhecidos.

8. A pessoa que deve comunicar acha que a outra, a que deve receber, tem obrigação de saber.

9. A pessoa que deve comunicar supõe que a outra já sabe.

10. Há muita confusão, a empresa é mal organizada e mal administrada.

11. Acontecem imprevistos.

Como emitir melhor minhas mensagens?

Um ingrediente fundamental da comunicação eficaz é a EMPATIA. Empatia é o ato de se colocar psicologicamente no lugar do outro. Se todos nós praticarmos a empatia, acredito de reduziremos grande parte dos problemas acima citados.

Uma outra dica é utilizar o feedback! Esse eu pratico direto com a minha filha. Qualquer coisa que peço para ela fazer, eu pergunto se ela entendeu. No começo a resposta sempre era SIM, mas, as coisas não saiam como deveriam. Hoje, além de perguntar se ela entendeu eu peço para ela me explicar o que ela deve fazer. Assim, verifico se ela estava prestando atenção no que foi falado e se a comunicação foi eficaz.

Outras dicas são:

Pense antes de escrever ou de falar.

Se sua comunicação é agressiva ou direta demais, já avise seu público, para não haver surpresas ou situações chatas.

Cuidado com as palavras e a forma de escrevê-las. Não assassine o português.

Se a mensagem gerou dúvida para você, não mande ou não fale.

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Comentários:

  1. Ótimo texto!

    1. Obrigada Carla! Um abraço,

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crie seu fututo – 914×172