Inteligência Social: Além da Empatia

13.12.2017
Crie seu futuro – 728 x 90

Você já deve ter ouvido falar que somos “seres sociais”. Mas por quê?

Simplesmente porque nossa capacidade de nos conectar é uma das característica mais incríveis em relação aos outros animais. Formar sociedades e nos unir para o bem comum torna o homem o animal mais desenvolvido de acordo com a ciência.

Por isso, pulando centenas de anos de evolução, chegamos na era das mídias digitais e aparelhos móveis. Estamos cada vez mais conectados digitalmente mas, ao mesmo tempo, menos pessoalmente. Isso prejudicou a capacidade de interpretar sentimentos (e reconhecer expressões) de muitas pessoas.

A capacidade de reconhecer emoções e reagir a elas que aprendemos naturalmente, nós já sabemos que é a Inteligência Emocional. Mas O QUE você fará com esse conhecimento no seu dia a dia, é a sua Inteligência Social.

É importante frisar que conviver com as pessoas traz não somente benefícios à saúde, mas também ao meio profissional, pois é importante ter um bom networking e saber relacionar-se para desenvolver projetos e trabalhos.

Para David Goleman, nossas mentes estão conectadas por valores como altruísmo, compaixão, compreensão e preocupação (irei citar apenas esta a partir daqui mas englobando todas), por isso não basta termos apenas empatia para nos relacionarmos bem.

As áreas da Inteligência Social

Os estudiosos da Inteligência Social dizem que são seis áreas que devem ser trabalhadas:

1- Comunicação Verbal: Não há o que dizer aqui além do óbvio, é todo tipo de passagem ou troca de informações por meio de linguagem escrita ou falada.

2- Comunicação Não Verbal: Leitura corporal, saber ler as expressões corporais do outro nos diz muito além do que é dito em palavras, como também saber se expressar com o corpo. Ex: Elogiar uma atitude é bom, mas elogiar alguém e uma mão no ombro pode fazer a diferença.

3- Autoapresentação: Leva-se 30 segundos para se formar uma primeira opinião sobre alguém, e ela realmente “fica”. O tipo de roupa, as cores usadas, o corte de cabelo, acessórios e a higiene pessoal compõem a imagem de que a pessoa quer passar.

4- Assertividade: Saber expressar-se de forma clara, honesta e direta os seus pensamentos, sem ofender as outras pessoas. A maioria oscila entre o agressivo e o passivo.

5- Feedback: A capacidade de dar e receber retornos é fundamental para sabermos se estamos correspondendo às expectativas das pessoas. A partir daí iremos ver o quanto recuar, avançar ou evitar determinados comportamentos e, claro, melhorar.

6- Empatia: Reconhecer emoções e saber se pôr no lugar do outro.

A soma de duas características, empatia mais preocupação, é o que faz toda a diferença na Inteligência Social. Você pode ser assertivo mas, sem preocupar-se, pode acabar sendo grosseiro. Pode saber apresentar-se, mas precisa preocupar-se para notar os outros e não somente você mesmo. Precisa preocupar-se para dar um feedback que não seja uma chuva de críticas sem retorno positivo, etc.

Imagine que você marcou um encontro com alguém pela primeira vez e vão a um lugar para terem uma conversa. Lá, você percebe que a outra pessoa só fala de si mesma, o que parece? Que ela não se importa com você, que ela não se preocupou.

São histórias que se repetem. Jogue um assunto numa roda de amigos, com por exemplo uma viagem que você fez nas férias e observe. Mais da metade delas estarão tentando lembrar o que fizeram nas férias delas, esperando a sua vez falar. Uma ou duas estarão realmente prestando atenção e se importando com o que os outros falam. Seja amigo dessas.

Mas e aí, será que conseguimos melhorar nossa Inteligência Social para nos tornarmos pessoas melhores? Claro! Mas isso é um treino constante e você deve sempre que possível rodear-se de pessoas, pois é uma questão de experiência.

Então, quando estiver se relacionando com alguém, profissional ou pessoalmente, importe-se. Preocupe-se. Preste atenção naqueles a sua volta. Se precisar deixe o celular uns minutinho de lado… Eu sou coach e quero mudar o mundo mas, se eu não puder, com uma dose diária de esforço posso mudar O MEU mundo e entrar nos daqueles a minha volta.

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *