Metodologia em Coaching: Você tem?

26.05.2017

Outro dia tive a oportunidade de fazer duas entrevistas iniciais de coaching. Fiquei assustada e foi isso que me fez escrever esse artigo para você.

O que aconteceu:

Primeira pessoa: Empresário numa empresa familiar, contratou um coach para desenvolver performance e melhorar o relacionamento entre os sócios. Só que, como a profissional não sabia exatamente o que estava fazendo e não tinha metodologia em coaching, não ajudou nos objetivos.

Hoje, os irmãos estão pensando seriamente em se separar. O início da entrevista foi tenso: “eu não confio em coaching, mas um amigo meu que faz com você, falou que vai ser diferente e quero ver se você é tudo isso mesmo”.

Segunda pessoa: Uma jovem muito realizadora estava com um dilema de carreira e procurou ajuda. O profissional que a atendeu, em vez de dar os recursos para ela encontrar as próprias respostas, criou um plano de ação. Como é determinada, seguiu as orientações, mas não se encontrou profissionalmente.

Ela estava seguindo o que o coach achava que era o certo (e que, claro, não era o certo para ela). Só que com ela foi PIOR porque a jovem procurou outro coach que falou para ela seguir outro rumo e deu um novo roteiro de ação para ela. Resultado: estava completamente perdida quando chegou até mim perguntando “o que fazer?”

A resposta é “eu não sei”, mas vou te ajudar a encontrar os seus recursos internos para você mesma descobrir! Porque essa é a resposta profissional que todo coach deveria dar.

Ambos iniciaram um novo ciclo. O primeiro, eu mesma vou atender e, a segunda, uma das minhas alunas da supervisão vai ajudar.

E, sabe porque tomaram a decisão de contratar um novo coach? Porque sentiram segurança e profissionalismo em mim, porque expliquei o lastro científico do método que uso e, principalmente porque sabem que eu realizo um trabalho sério e com responsabilidade.

Caramba! Eu fico até arrepiada em lembrar dessas histórias porque essas pessoas são saudáveis, são realizadoras, mas estão perdidas. E, como se não bastasse a confusão que elas já estavam procurando profissionais despreparados, ficaram ainda mais perdidas e, pior, desesperançosas. ESSAS PESSOAS ESTAVAM EM SOFRIMENTO quando chegaram até mim.

A importância da metologia:

Eu sempre digo que coach que não tem método tem medo, mas agora eu ouso dizer que quem atende alguém com a promessa de ajudá-lo sem metodologia, corre o risco de fazer m****.

E eu, de verdade, acredito que o coach de excelência atende com total segurança e profissionalismo porque tem METODOLOGIA EM COACHING!!! Eu acredito de verdade que todos os coaches devem ter acesso a um método, com passo a passo, um roteiro e apoio para que todos os coaches tenham a condição de ajudar de verdade as pessoas. 

Mas é de verdade e não é ajudar mais ou menos.

Então, coach, eu não sei qual o nível de segurança que você tem para atender, mas eu te convido a ir em busca de uma metodologia em coaching que lhe dê as condições para atender com excelência.

Conte comigo nessa jornada.

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *