O que é Coaching?

08.11.2016

Atualmente, ouvimos falar muito sobre a importância do desenvolvimento de pessoas, tanto no ambiente corporativo como também na vida privada. Não é por acaso que alguns conceitos ganharam força nos últimos anos e vários profissionais, de diversas áreas, têm procurado saber mais sobre o assunto. Entender melhor o que é coaching e como essa prática pode mudar o comportamento e pensamento de profissionais tem mudado a vida de muitas pessoas.

Quer saber mais sobre o assunto? Veja aqui o que é coaching e como este conceito pode transformar a sua atitude!

Definição sobre o que é Coaching

Coaching é um processo de orientação pessoal em busca de objetivos nos mais variados setores. É realizado pelo coach, instrutor especializado, que ajuda seu coachee (cliente) a atingir objetivos mais rapidamente por meio do autoconhecimento e autodesenvolvimento.

Para isso, o profissional utiliza técnicas das mais diversas áreas do desenvolvimento humano, que ajudam a levar as pessoas do estado atual ao estado desejado. Esse programa de acompanhamento contribui para tornar o cliente naquele que vai alcançar os seus objetivos por meio de sua própria capacidade. Nesse sentido, pode ser entendido como transformação, cujo sucesso depende da disponibilidade do coachee em desenvolver seus próprios conhecimentos, habilidades e atitudes.

Origem do coaching

O termo coaching surgiu na Idade Média e definia a profissão de condutor de carruagens, os cocheiros (aquele que guia o coche ou carruagem). Como eles conduziam os passageiros até destino desejado, a função remete ao processo de coaching como conhecemos atualmente.

Com o tempo, o termo passou a ser atribuído a professores de universidades com o significado de tutor, aquele que auxilia os estudantes em testes e exames. Mas foi na década de 1950 que o termo coach começou a remeter à habilidade de gerenciamento de pessoas. Surgiram as primeiras técnicas de desenvolvimento pessoal e humano que valorizavam as competências individuais e relacionava-as a um processo de evolução contínua.

O método também foi incorporado ao treinamento e aperfeiçoamento de atletas, utilizado por treinadores para motivar profissionais de diversos esportes, como tênis e golfe. Uma das famosas técnicas empregadas nessa área é o chamado Inner Game ou Jogo Interior, que considera como oponente real do esportista não o outro competidor, mas sim as suas próprias limitações e fraquezas.

Alguns executivos que praticavam tênis levaram o processo ao mundo corporativo. Desde então, aprender o que é coaching e empregá-lo na gestão de pessoas conseguiu ajudar a aumentar a motivação, produtividade, relacionamento em equipes, comunicação, entre outros elementos fundamentais que garantem o bom funcionamento da empresa e melhores resultados.

Diferença entre o que é coaching, psicoterapia e consultoria

O coaching muitas vezes é confundido com psicoterapia e mentoria, por isso, vale a pena entender a diferença entre essas técnicas. Coaching não tem o nível de aprofundamento de uma psicoterapia com relação a associações profundas e ao passado. Ao mesmo tempo, não é mentoring, porque o coach busca motivar o cliente para que ele próprio pense e encontre suas próprias soluções.

Por fim, também não é consultoria, porque o profissional que colocar o procedimento em prática não precisa ser necessariamente especializado na área da mudança que o cliente deseja. Outra diferenciação da aplicação do coaching é que ela não se utiliza de um plano de ação ou estratégias prontas, mas adapta-se ao cliente para ajudá-lo a encontrar suas respostas sozinho.

Quando o coaching é indicado?

Devido à sua flexibilidade, o coaching é útil para conquista de diversos objetivos, como: romper limites pessoais, ampliar as realizações profissionais ou pessoais, mudar de carreira, conquistar boa qualidade de vida, abrir um novo negócio, ganhar mais dinheiro, emagrecer, parar de fumar, encontrar um amor, gerenciar o tempo, decidir qual carreira seguir, entre outros.

Quem pode contratar um Coach?

O Coaching atende diversos nichos. Clientes em potencial que podem procurar o coaching são pessoas que buscam uma alta performance, aquelas que desejam direção de carreira, pessoas que procuram o emagrecimento de uma maneira sadia e definitiva, pessoas que estão buscando melhorar seus relacionamentos interpessoais e, também, quem está buscando se estabilizar na carreira de empreendedorismo ou mudar totalmente de ramo.

Como funciona o coaching?

Os sonhos, metas e objetivos das pessoas estão na esfera do “ter”. Para obtê-los, elas precisam adaptar as suas atitudes, ou seja, “fazer”. Mas essas duas somente serão possíveis se adaptarem seu “ser”, por meio do desenvolvimento de suas habilidades e competências.

O processo de coaching é focado em promover o autoconhecimento para transformar o coachee em mestre de sua própria vida. Para conseguir esse resultado, como já dissemos, utiliza-se de técnicas, ferramentas e conhecimentos de diversas áreas, como administração, gestão de pessoas, psicologia, neurociência, linguagem ericksoniana, recursos humanos, planejamento estratégico, entre outras.

Por meio de perguntas assertivas, o coach atua como olho externo a seu cliente, de modo a oferecê-lo um novo ângulo sobre os mais diversos aspectos de sua vida. Esse processo promove autoconfiança e quebra outras limitações que estejam atrapalhando o alcance dos objetivos. Nesse sentido, desperta no coachee seu potencial infinito para que ele possa conquistar o que deseja.

O coach relaciona a definição dos objetivos do cliente, que podem ser pessoais, profissionais, sociais, familiares, espirituais ou financeiros, às suas forças e fraquezas. Essa análise facilita a definição de um Plano de Ações, com objetivos realistas, prazos determinados e recursos necessários. Seu sucesso dependerá exclusivamente do comprometimento e dedicação do próprio coachee, uma vez que ativa a capacidade da própria pessoa de buscar as respostas para suas questões.

Em geral, o processo demora entre três e quatro meses, mas esse período pode variar de acordo com o caso e resposta de cada pessoa. As sessões podem ser presenciais ou à distância, e duram, em média de uma a duas horas, de acordo com a técnica empregada e disponibilidade do cliente.

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crie seu fututo – 914×172