O Que é Ser Multipotencial?

05.04.2017

Quando li a primeira vez sobre multipotencialidade eu me senti aliviada: é isso, eu sou multipotencial! Finalmente eu havia descoberto o que eu tinha de “errado”, o porquê de ter curiosidade a respeito de tantas coisas e possuir dificuldades em escolher entre tantas paixões. Era difícil sustentar algumas escolhas por longos períodos.

Meus interesses iam desde jornalismo a arquitetura (fiz 2 anos e meio desse curso), decoração a física quântica, meio ambiente (sou formada em engenharia ambiental) a nutrição, passando por astrologia, poesia, tarô, psicologia, numerologia, comportamento e por aí vai…

O multipotencial é assim. Um assunto puxa o outro, que puxa o outro, que puxa o outro… Está sempre curioso para conhecer coisas novas, tem paixões e interesses diversos e aparentemente desconexos. Tem facilidade em aprender sobre novos temas e adquirir novas habilidades.

Ser multipotencial é um problema?

Mas, pode ser inquietante para um multipotencial sua inclinação a se enjoar do assunto da vez quando sente que já sabe o suficiente. Afinal, para nós multipotenciais é importante saber o suficiente para aplicarmos o conhecimento no que desejamos, não nos aprofundamos, diferente do restante da sociedade.

Ou seja, multipotenciais são generalistas, não especialistas. E qual o problema disso? Nenhum! Mas vivemos num mundo que nos cobra ser especialista (historicamente, isso vem desde a revolução industrial quando, para potencializar a produção, o processo era segmentado e os funcionários das indústrias realizavam tarefas muito específicas). Um clássico exemplo disso é o quanto um médico clínico geral é desvalorizado frente a um médico especialista em cirurgia do rim esquerdo. Porém, o mundo precisa dos dois, afinal o generalista complementa o especialista e vice-versa.

Sempre ouvi frases como: “nossa, você não termina nada”, ou “como você é volúvel”, ou ainda “você precisa escolher uma profissão!”. E como doía ouvir! Era desesperador para mim ter que escolher uma dentre as inúmeras possibilidades do universo!

Mas o fato é que não temos que escolher uma atividade, uma profissão específica, e deixar o resto de lado. O desafio do multipotencial é encontrar uma conexão com todos os assuntos de interesse e construir uma carreira profissional com seus toques especiais e conhecimentos, desenhar um estilo de vida próprio.

 

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Comentários:

  1. Me identifiquei com você Carolina, eu sou Multipotencial! Muitas vezes fui criticado por não terminar nada e saber um pouco de muitas coisas, atualmente vivo de marketing digital. Porém, ainda não encontrei sucesso definitivo, se é que ele existe.

    Amei o portal, eu também quero colaborar.

    1. Carolina D'Angelino

      Olá Kenady! Que bom que fez sentido para você! Na vida, nada é definitivo, tudo está em constante movimento. E assim também é com o sucesso. Hoje, sucesso pode ter um significado para você, amanhã pode ter outro totalmente diferente. O importante é você se conhecer e sempre se perguntar se está satisfeito com o que está realizando.

  2. Também me encontrei quando pesquisei sobre dúvidas no que eu queria ser quando crescesse rs rs, visto já ter feito trinta anos e não saber o que quero da vida. Nunca me senti tão feliz como no dia que encontrei esse termo:” Multipotencialidade” hoje entendo tudo que acontece com minha mente. Muito feliz por saber que sou normal rs rs.

  3. Eu tenho uma lista de coisas inacabadas:1) dieta que me levará ao corpo que sempre quis, 2) atividade física – qdo eu me interessei por atividade física fui tão intensamente e tão a fundo na minha adolescencia que os professores me faziam dar aulas junto com eles tamanha a empolgaçao. Perdi o interesse por completo ao me interessar por outras coisas depois e me arrependo de nao ter aquele condiconamento fisico e saude de antes 3) piano – eu tive facilidade até qdo meus pais me colocaram no piano e eu aprendi mto rápido, deveria ter continuado mas os métodos, as técnicas engessadas, etc, eu vou tentar mais alguns meses assim q tiver grana para isto; 4) o banco em q trabalho….trabalho no BB há 18 anos e nunca fiz carreira, fico entediada de ter q ir a fundo fazendo aquelas certificações que nada tem a ver comigo. Gosto de onde estou e estou buscando algo que alem de tudo me satisfaça intelectualmente 5) talvez eu faça o exame da OAB finalmente pq nunca fiz para valer este exame. Nunca soube o q eu iria efetivamente fazer com uma carteira da ordem dos advogados. Agora eu sei quero ser procuradora do estado. Vou fazer este exame se eu nao perder o interesse de novo antes kkkkk 6) tramento dentário: paguei para fazer as lentes de contato dentais e ficou faltando a extraçao de um dente e moldar 1 implante mas ainda não fiz vou fazer esta extraçao dentária daqui a alguns dias e finalmente colocar as lentes de contato dentais quem sabe 7) uma pós graduaçao que falta o TCC ha 6 meses 8) fiz o curso completo para ser corretora de imóveis e fiz a prova e passei, nao tenho o creci pq nao mandei os materiais do estágio para o curso pq achei meu estágio medíocre demais. Agora procuro 3 anos depois uma ou um corretor que me passe a paixão pelo trabalho para eu finalmente concluir este estágio e pegar meu creci 9) com meu creci em mãos quero fazer o curso de home stagging pq é uma soluçao inovadora e linda na venda de imóveis usados. Pretendo ainda nesta encarnaçao: pegar minha OAB, estudar para procuradoria, fazer curso de gastronomia, ser procuradora do Estado, tirar meu CRECI como corretora e atuar como home stagger (acho q e é assim q se escreve) e quero fazer uns saraus em casa usando meu piano velho. É pedir muito? descobri o motivo da minha insatisfaçao constante……descobri q sou multipotencial e não vivo a minha essencia.

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *