Psicologia Positiva: O Que É e Seus Benefícios

31.01.2017
Crie seu futuro – 728 x 90

Profissionais da saúde sempre consideraram a ação das emoções sobre o organismo humano. Até que nos anos 1990, Martin Seligman, até então especialista em depressão, decidiu mudar o foco dos seus estudos e compreender as origens da felicidade. O psicólogo elaborou a psicologia positiva, segundo a q31ual, a felicidade é reflexo principalmente do otimismo.

Em sua obra “Felicidade Autêntica”, Seligman expõe a importância do pensamento positivo no equilíbrio entre mente e corpo. A teoria tem como base os conceitos da psicologia humanista e foca-se na natureza positiva das experiências e vivências do indivíduo. Seu diferencial em relação à psicologia tradicional é o foco no lado iluminado da mente para promover a qualidade de vida.

Apesar desse conceito ter sido explorado exaustivamente e se popularizado por meio dos livros de autoajuda, a psicologia positiva é uma ciência. Sua elaboração foi feita com base em diversos estudos, nos quais se identificaram comportamentos comuns entre as pessoas felizes e bem-sucedidas que podem ser seguidos por quem deseja mudar sua vida. Terapias que a seguem conduzem o paciente a uma jornada por sua mente, de modo que eles reencontrem suas qualidades e experiências positivas arquivadas no consciente ou inconsciente.

Dessa forma, a psicologia positiva não considera o passado ou traumas do paciente, mas concentra-se em ajudá-lo a enfrentar os problemas presentes. O método estimula a mentalização e valorização do seu potencial em detrimento das dificuldades. Essa é a tão famosa força do pensamento positivo, fundamental para a autotransformação.

A psicologia positiva leva a compreendermos que somos escravos de nossas crenças e valores. Isso gera limitações e impedem nosso progresso e alcance de objetivos. Ao mesmo tempo, também revela que é possível transcender essas convicções autoimpostas e conquistar a felicidade.

Psicologia positiva na prática

Segundo a psicologia positiva, pessoas que pensam positivo são mais felizes e até vivem mais. Mas uma dose de pessimismo também é importante. O próprio Seligman chama a atenção para isso: ele alertou que otimismo em excesso pode ofuscar a realidade e ainda causar depressão diante de frustrações inesperadas. Realmente, a vida pode surpreender e devemos estar preparados para reagir adequadamente. Equilíbrio é fundamental aqui e a forma como encaramos os eventos também é determinante.

Aprender com todas as vivências é uma forma de praticar a psicologia positiva. O que não vale é dar muita ênfase a situações negativas, como tendemos a fazer. Aqui vão algumas dicas para evitar isso: anote pelo menos três coisas boas que lhe aconteceram diariamente; faça pelo menos meia hora de atividade física regularmente; medite dez minutos por dia; por fim, aprenda a ser humano, aceite seus defeitos e saiba lidar com eles!

Não custa nada olhar um pouco para o lado positivo de sua vida, não é mesmo? Experimente!

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crie seu fututo – 914×172