Como se Manter Positivo Apesar da Negatividade Alheia?

05.04.2017
Crie seu futuro – 728 x 90

Há muitas pessoas de pensamento positivo, com o coração cheio de sonhos e a cabeça cheia de ideias dizendo coisas do tipo: “Poxa, de que adianta eu vibrar em alta frequência, construir meu mindset de sucesso, se vivo cercado de negatividade? Minha mãe-pai-marido-esposa-filha-filho não param de me chamar de louco, que tenho que cair na realidade,  e mais outros tantos comentários desanimadores.”

Como se manter positivo nessa situação, não é mesmo?

Primeiro, é fundamental que você saiba distinguir a opinião de gente que torce contra sua felicidade ou de “palpiteiros de plantão”, que em nada acrescentam à sua vida, e a de quem realmente se importa com você. Dos primeiros eu não vou nem falar muito: a essa altura você deve ignorá-los solenemente e fim.

A situação se complica quando temos que lidar com quem realmente se importa conosco. Um exemplo? Muitas das pessoas insatisfeitas com seus atuais empregos, que buscam um trabalho com mais propósito e tenha mais a ver com elas, tem pais que valorizam uma carreira em uma grande empresa ou a estabilidade do serviço público. Certamente esses pais dirão que trocar um emprego razoavelmente estável pela incerteza de um empreendimento próprio, por mais satisfação que traga esse último, é loucura, burrice e inconsequência.

Ou ainda: ouvir aquela amiga que vive dizendo que “homem não presta”, que “homem é tudo igual” pode ser bem desanimador, especialmente quando você está toda feliz com um novo relacionamento.

Como lidar com essas situações?

Nessas situações, a receita para se manter positivo é a mesma: encher-se de empatia. Mais do que se colocar no lugar do outro, é ver o mundo pelos olhos do outro. Ter em mente que se há duas pessoas, há duas maneiras diferentes de enxergar a realidade e dois conjuntos enormes de experiências distintas.

Esses pais que dizem que é loucura deixar um “excelente” cargo numa multinacional ou no serviço público não querem ver você passar dificuldades financeiras, pois imaginam que pouquíssimos negócios dão certo no Brasil.

Essa amiga que insiste em desencorajar seus relacionamentos com suas crenças limitantes a respeito do sexo masculino já sofreu muito, e não quer que você passe pelo mesmo.

A partir dessa compreensão,entenda que no mundo deles é assim e cabe a você tentar fazê-los ver outra realidade(com afeto,sempre!) ou simplesmente seguir seu caminho respeitando as diferenças.

Só assim você vai permanecer positivo em todas as áreas da sua vida, apesar das opiniões que contrapõem esse sentimento.

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Comentários:

  1. Victor Sakitani

    Ana Paulino, super conteúdo o desse seu artigo!
    Essa situação de familiares não darem apoio a quem deseja seguir sua missão é muito comum mesmo, né?! Tem horas que tudo que o pessoa quer é ouvir o pai ou a mãe dizer “É isso aí! Vai pra cima e faz acontecer”, mas a gente sabe que isso é raríssimo. Gostei demais da forma que você propôs para aliviar essa situação, entendendo que as experiências de cada um dão o tom daquilo que apoiam ou não. E tá tudo bem! O importante é cada um, com respeito, lutar por aquilo que acredita.
    Parabéns pelo artigo! 😉

  2. Ana Luiza

    Oi Victor,que bom que você gostou!
    Realmente essa é uma coisa que me entristece,ver tantas pessoas cheias de sonhos se desanimando assim. Temos mesmo que ser nossos maiores incentivadores,e procurar uma comunidade(como aqui no Portal) que tenha a mesma mentalidade de crescimento que nós. Não esperar que venha o incentivo da família ou dos amigos,já que isso dificilmente irá acontecer.
    abraço!!!

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crie seu fututo – 914×172