Sistemas 1 e 2 Para Coaches

26.02.2018
Crie seu futuro – 728 x 90

No artigo de hoje vamos falar sobre duas formas de processamento de pensamentos e como você pode ajudar seu coachee a evoluir com esse conhecimento.

O cérebro humano está em constante evolução, desde sua origem reptiliana até sistemas mais complexos de conexões. Com tanta informação, o cérebro cria mecanismos para se manter eficiente e tomar a decisão mais acertada em determinado momento.

Daniel Kahneman, teórico da finança comportamental, autor do livro “Rápido e Devagar”, explica sobre dois principais sistemas de processamento: o primeiro mais rápido e o outro mais devagar.

O primeiro cria padrões e gera respostas quase que imediatas e é importante para gerar ação e tomada de decisões. É esse sistema que o coach ativa quando faz atividades com o seu cliente tais como planos de ação, Road map entre outros.

Esse sistema, para se tornar mais ágil, cria padrões e gatilhos para tomar decisões. Mas nem sempre acerta porque, afinal, o que funcionou no passado não necessariamente funciona hoje.

Veja o exemplo:

Qual das duas retas é a maior?

Grande número de pessoas responde B, mas…

Quem respondeu B foi o sistema 1 que juntou padrões e foi iludido pela ótica. Mas isso não quer dizer que generalizar seja algo ruim. Afinal, todos nós usamos esse sistema e estamos pelo menos vivos (risos).

O sistema 2 é mais analítico, devagar, processa a informação e gera uma série de conexões antes de tomar a frente. É esse sistema que você, coach, aciona quando faz uma pergunta verdadeiramente poderosa.

Então, fica esperto para a dica de coaching: toda pergunta poderosa gera um silêncio poderoso. Afinal, a pessoa ainda não tinha pensado sobre a questão pela perspectiva que você questionou. O coachee, dessa maneira, reflete e responde.

Por que é importante o coach ter esse conhecimento para alcançar excelência nos atendimentos?

Bem, são vários motivos, mas hoje vamos focar em algo único:

Para você ser capaz de gerar mais resultados com qualquer tipo de pessoa, é importante “conversar” com os dois sistemas: tanto fazendo perguntas poderosas para ativar o sistema 2, fazer o cliente refletir e analisar, mas também criar planos de ação, metas de curto prazo, fazer jogos e tudo mais que estimule a criatividade, tomada de ação e foco no resultado, para que seu cliente seja capaz de planejar, mas também executar a transformação que deseja na sua vida.

Quando mais você, coach, estimular os dois sistemas durante seu programa de coaching, mais resultados seu cliente vai alcançar com a sua ajuda.

Receba novidades por e-mail CadastroGratuito

Receba em Seu E-mail o Mais Atualizado Conteúdo Sobre Coaching e Desenvolvimento Pessoal do Brasil

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *