Resiliência: Como Dar a Volta por Cima

Resiliência é a capacidade de superar, de se recuperar das adversidades. É a famosa frase “dar a volta por cima”, depois que algo não saiu como você esperava.

Às vezes, você enfrenta um turbilhão de acontecimentos negativos que te empurram para baixo e você não vê como sair.

É como se um furacão passasse pela sua vida, destruindo e levando todas as suas esperanças e expectativas, arrasando sua autoestima e minguando todas as suas forças.

Tudo o que precisa nessa hora é manter a clama e traçar um plano para conseguir sair da situação em que está. Isso é resiliência. 

Lembre-se sempre que se não era para acontecer aquele seu tão sonhado plano, muitas vezes é o Universo mostrando que existem outros caminhos e outras maneiras de conseguir ser feliz.

Portanto, ter resiliência é dar volta por cima e entender que nem sempre as situações estão sob controle e que está tudo bem.

E quando as coisas não saem como você planejou é importante que você saia da sua zona de conforto e entenda que é capaz de evoluir e ver a situação por uma outra perspectiva.

Aceitar que algo deu errado não é se conformar com o acontecimento, e sim, parar de perder tempo, insistindo nos mesmos erros, sem procurar por decisões mais acertadas

O resiliente não deixa que situações negativas influenciem quem eles são. Procuram equilibrar suas emoções e desenvolvem a capacidade de tomar decisões mais elaboradas, assumindo riscos controlados.

Quando se tem maior equilíbrio emocional, é possível usar melhor as próprias habilidades e interagir de forma mais amigável com as pessoas. Você aprende a não se desesperar, dando um passo de cada vez na busca de seus objetivos

Se você está passando por alguma crise na sua vida, seja em casa, no trabalho ou no relacionamento, veja algumas dicas que irão ajudar você a dar a volta por cima e trabalhar a sua resiliência.

Sinta a dor

Sentir intensamente sua dor é uma atitude que auxilia você a superar e trabalhar a resiliência em uma situação adversa.

Por mais contraditório que seja, encarar uma situação ruim e sentir todas as reações negativas ajuda a colocar para fora os sentimentos sombrios. 

Procure, além de sentir a dor, analisar os pontos negativos que contribuíram para você ter o resultado ruim que chegou.

Durante essa análise, pode aparecer muitos insights produtivos. Não perca tempo, anote e comece a colocá-los em prática imediatamente.

Admita o problema

Admitir o problema, não significa que você aceitou a situação.

Isso mostra que tem algo a ser resolvido e que você tem capacidade de enfrentar problemas e solucionar rapidamente as crises.

Admitir um erro ou problema é um sinal de maturidade e que ajuda você a seguir em frente.

Trace metas e defina datas.

Traçar metas e definir datas para concluí-las incentiva você a não perder o foco de seus objetivos, bem como te anima a retomar a sua rotina, minimizando os efeitos da frustração.

Muitas vezes, quando algo sai errado, a tendência é que haja um desequilíbrio em todos os setores. Portanto, manter a rotina é uma estratégia excelente para não se perder no desânimo e na negatividade que levam as outras áreas da sua vida a virarem um caos.

Procure traçar cinco metas para o próximo período de quatro meses e siga-as à risca.

Anime-se por estar começando novamente e incentive-se dizendo a si mesmo que agora tem a experiência necessária para conseguir conquistar seus objetivos.

Ao realizar essas metas, elabore outras e assim por diante. Quando menos perceber estará colhendo excelentes frutos de sua dedicação.

Mantenha uma atitude positiva.

É de grande importância manter o bom humor enquanto você dá a volta por cima. 

Embora no início essa atitude pareça impossível, quanto mais você se empenhar em viver seu o dia-a-dia com bom humor e não ficar reclamando se colocando em posição de vítima, mais rápido se recuperará do golpe que sofreu.

Procure reviver suas conquistas e situações que lhe fizeram bem no passado.

Segure essa sensação de conquista em sua mente o máximo de tempo que conseguir.

Fale sobre as coisas boas da vida, e sinta-se feliz em pensar como ficará empolgado em ver seu desejo realizado.

Procure não se prender aos aspectos negativos da vida, pois assim será muito mais difícil superar essa situação.

Passe seu tempo com pessoas descontraídas que o fazem sorrir, isso ajudará você a manter uma atitude positiva.

Evite pessoas negativas que só encontram problemas nas situações, como você ainda está fragilizado pelo ocorrido, tem boas chances de sentir-se da mesma forma.

Mantenha sua autoconfiança.

É comum sentir-se para baixo quando você tem que reconstruir uma parte importante de sua vida.

Porém, é imprescindível você se lembrar das coisas que você admira e aprecia em si mesmo, em vez de se apegar aos erros que eventualmente cometeu.

Embora seja importante reconhecer seus erros e trabalhar neles quando possível, também é importante lembrar de todas as razões pelas quais você se ama e todas as coisas que fazem de você uma pessoa incrível.

Uma forma de aumentar a sua autoconfiança, e resiliência, é cumprir com a sua palavra. Nada vai fazê-lo se sentir melhor do que cumprir com excelência os seus compromissos.

Outra dica bacana é você ficar atento a sua postura corporal. Mantenha-se ereto, com a cabeça erguida e o peito aberto.

Olhe em frente, nunca para o chão e abra-se para as possibilidades em vez de se retrair pelo que aconteceu. Quanto mais você adotar a postura de um vencedor, mais rápido as coisas boas fluirão para você.

Encontre pessoas que possam apoiá-lo.

Conte com seus pais e familiares confiáveis e também com seus bons amigos.

Nessa hora vale pedir apoio a essas pessoas, porém nunca recorra a quem lhe pôs nessa situação.

Crie o hábito de contar para seus bons amigos como é bom dar o próximo passo sempre que você alcançar uma meta da sua lista, e comemore com eles cada pequena vitória. 

As pessoas queridas e confiáveis são os melhores apoios e também são pessoas ideais para ajudar encontrar soluções para os problemas.

Mas, lembre-se: não é para fazer dos amigos um muro das lamentações, nem sempre eles estarão dispostos a conversar horas a fio sobre a situação horrível que você passou.

Abandone os maus hábitos.

Todo mau hábito preenche uma necessidade real, então sua tarefa é descobrir formas de preencher suas necessidades sem prejudicar a si mesmo ou aos outros.

Se você perceber que está desenvolvendo uma compulsão alimentar, tendência ao abuso de álcool e vontade de experimentar substâncias nocivas, procure imediatamente ajuda especializada.

Tem muitos especialistas que podem ajudar você a superar essa faze sem deixar traumas em sua mente e em seu físico.

Procure sempre desenvolver hábitos positivos que ajudem você a alcançar seus objetivos ao invés de atrasá-lo.

E tenha certeza de que as adversidades não duram para sempre e que quando você superá-las entenderá porque elas ocorreram e isso lhe deixará mais forte e confiante para traças novos e maiores objetivos.